fbpx

Entre os cuidados que você precisa ter para garantir a saúde e bem-estar do seu felino, a ração para gatos está no topo da lista. Uma dieta completa e equilibrada oferece todos os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento do animal.

Para escolher o melhor alimento para o seu gato, é importante conhecer quais as características a ração precisa ter. Assim, você garante que ela vai oferecer tudo o que ele precisa para ter uma vida tranquila e saudável.

Para ajudar você nessa importante missão, preparamos este guia com informações valiosas sobre a composição nutricional que o alimentação dos gatos precisa ter. Confira a seguir!

Nutrientes do alimento para gatos

A alimentação é responsável por fornecer os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento dos felinos, ao gerar energia, oferecer proteção e contribuir para a saúde da pele e do pelo. Para suprir as suas necessidades fisiológicas, o alimento para gatos deve ser de qualidade e conter os sete nutrientes fundamentais para a sua saúde e bem-estar. Veremos quais são eles a partir de agora.

1. Água

O corpo dos gatos é composto por 70% de água. Por isso, esse é o principal nutriente que o animal precisa ter sempre à disposição. Como ele é um animal muito exigente e seletivo, precisa-se que a água sempre esteja limpa e fresca.

Além disso, gatos são animais preguiçosos e para garantirmos que eles permaneçam hidratados, indicamos que seja disponibilizado dois bebedouros em locais diferentes, nunca perto da banheira higiênica para não haver contaminação com dejetos.

Ao oferecer um alimento completo de boa qualidade e água limpa e fresca, o gato diminui as chances de desenvolver enfermidades que podem levá-lo a óbito.

2. Proteína

As proteínas são as principais responsáveis pelo crescimento das células, órgãos, tecidos, enzimas e anticorpos. Em outras palavras, elas são fundamentais para a manutenção e reparação do corpo. A sua ingestão é extremamente importante e elas podem ser encontradas em diversas fontes: proteína animal como carne bovina, aves, peixes, ovos e proteínas vegetais.

3. Gordura

A gordura é responsável por dar energia para o animal. Também é essencial para estruturação das células e produção de hormônios. Esse nutriente dá ao corpo a proteção e isolamento necessários para saúde da pele.

Por essa razão, a fim de fornecer mais gordura na alimentação de seu gato, opte por rações que tenham em sua composição nutrientes como ácido linoleico, ômega 6 e ômega 3.

4. Aminoácidos

O organismo dos gatos não consegue produzir os aminoácidos essenciais em quantidade necessária para o seu funcionamento — sendo assim, a sua gestão é fundamental. Entre os principais estão: arginina, metonina, histidina, fenilalanina, isoleucina, treonina, leucina, triptofano, lisinina, valina e taurina. Eles são responsáveis pela construção de blocos de proteínas.

5. Hidratos de Carbono

A função desse nutriente é gerar energia para os tecidos musculares. Os hidratos de carbono são as fibras e glucoses que atuam, respectivamente, no funcionamento do intestino delgado e na produção de energia para os órgãos, como o cérebro. Eles também contribuem para a sensação de saciedade dos felinos.

6. Vitaminas

As vitaminas são responsáveis por catalisar as enzimas. No entanto, o corpo do gato não produz muitas dessas vitaminas, sendo, portanto, necessária a sua ingestão por meio da alimentação. Uma dieta completa e equilibrada oferece todas as vitaminas de que ele precisa, sem a suplementação. Mas fique atento à quantidade oferecida, uma vez que o excesso desse nutriente pode causar doenças.

7. Minerais

Os minerais são antioxidantes e responsáveis por neutralizar os radicais livres. Esses nutrientes devem ser incluídos no alimento completo porque os gatos não conseguem sintetizá-los ou obtê-los em quantidades suficientes de outra maneira. Além disso, contribuem para manter a imunidade dos felinos.

Tipos de alimento para os felinos

Felinos são animais exigentes. Ao receber seu alimento, eles passam por um ritual de cheirá-lo, sentir a sua textura e gosto para se adaptarem. Caso não seja de seu agrado, não adianta insistir, pois eles não vão comer. Por isso, o ideal é testar várias opções e ver qual o satisfaz mais.

Existem três tipos de alimento para gatos no mercado, com quantidade de nutrientes e o custo-benefício variados. A seguir, apresentamos cada uma delas e as suas principais características.

Standart

É o alimento para gato mais popular — o seu custo é reduzido, assim como a qualidade das suas proteínas é inferior às demais opções. Além disso, elas costumam ter muitos conservantes e corantes na sua composição. Para suprir as necessidades do animal, é preciso fornecer uma porção diária grande, o que resulta em maior gasto devido ao consumo.

Premium

A versão premium apresenta excelente custo-benefício. Ela oferece muitos dos nutrientes necessários para alimentação saudável do felino, tendo em sua composição a proteína animal e vegetal.

Super premium

A versão Super Premium é mais indicada por médicos veterinários, uma vez que é composta por 100% de proteína animal, concentrada e de fácil absorção. Além disso, tem a vantagem de não possuir corantes e conservantes em sua fórmula. A porção diária oferecida não precisa ser grande, pois oferece maior saciedade para o felino.

Dicas para escolher a melhor ração para gatos

Considerando que os felinos são animais carnívoros, a dieta ideal um animal não castrado é composta de 30% de proteínas, de 20 a 30% de gordura e 5% de carboidratos. Já os filhotes devem ser alimentados apenas com leite materno até quatro semanas de vida.

Se por algum motivo a mãe não puder oferecer esse alimento, eles devem ser nutridos com uma alimentação especial. Não é recomendado dar leite de vaca para gatos, pois a maioria tem intolerância à lactose.

Sabemos que escolher o alimento  ideal é o desejo de todo dono, já que promover a alimentação correta influencia na saúde e bem-estar do animal. Para ajudar você nessa missão, separamos outras dicas:

  • teste várias opções de alimento completo para ver qual ele se adapta melhor;
  • seja paciente em todo esse processo;
  • escolha um alimento completo  de acordo com a idade e fase do seu felino;
  • esteja atento aos componentes nutricionais;
  • consulte um veterinário, dica imprescindível no cuidado de qualquer animal de estimação.

Os nossos animais são parte da nossa família e, por isso, queremos o melhor para eles. Saber escolher um alimento para gatos que tenha qualidade é fundamental para o seu crescimento e desenvolvimento saudável. É por meio da alimentação que eles vão receber todos os nutrientes necessários para o funcionamento do seu organismo. Por isso, tenha em mente que ela é muito importante e deve ser escolhida com cuidado.

Se você quer saber mais sobre nutrição de animais domésticos, leia agora mesmo o nosso artigo “Quais cuidados se deve ter com a alimentação de cães idosos?”.

Escreva um comentário