fbpx
Autor

VACCINAR NUTRIÇÃO E SAÚDE ANIMAL

Browsing

Técnicas para acompanhamento da qualidade da casca dos ovos

O ovo é amplamente conhecido como um alimento completo e funcional, por ser uma excelente fonte de proteína animal e por conter diversas substâncias promotoras da saúde e preventivas de diversas doenças. Por essa razão, quem trabalha com galinhas poedeiras tem a obrigação de monitorar a qualidade do ovo que entrega para o consumidor. No quarto trimestre de 2018, o Brasil registrou uma histórica produção de ovos, fechando 928,42 milhões de dúzias. Com crescimento populacional e o aumento da procura por fontes alternativas de proteína animal, o cenário demonstra uma oportunidade para os avicultores. No entanto, é essencial estar atento aos critérios de qualidade dos alimentos. Você sabe quais são os parâmetros utilizados para medir a qualidade do ovo? Quais as técnicas mais eficientes para isso? Continue a leitura e entenda! A importância da qualidade dos ovos O ovo é um dos alimentos mais completos e tem alto valor nutricional, sendo…

Como montar uma fábrica de ração animal?

Já não é novidade que o Brasil é um dos maiores produtores de proteína animal do mundo, não é mesmo? O que pouco se comenta é que, para manter o funcionamento desse sistema, a indústria de fabricação de rações precisa andar no mesmo compasso de crescimento. Isso significa que o mercado está em franca ascensão e oferece boas oportunidades para quem deseja empreender no setor. A nutrição animal é um dos braços do agronegócio que mais recebe atenção, dada a sua importância para o desempenho dos rebanhos e plantéis. Cada vez mais, os produtores buscam por dietas que maximizem a produtividade da sua criação, estabelecendo fortes parcerias com seus fornecedores. Mas para entrar nesse mercado e colher os seus bons frutos, é preciso saber como montar uma fábrica de ração. Está pensando no assunto, mas não sabe por onde começar? Este artigo traz as informações necessárias para você dar o primeiro…

Produção animal 4.0: a Inteligência Artificial na produção de animais

Você já reparou que nos últimos anos alguns termos têm sido amplamente utilizados em diversos setores industriais? Esse é o caso do conceito da produção animal 4.0, que faz menção ao momento histórico que estamos vivenciando: a 4ª Revolução Industrial. Enquanto a 3ª foi marcada pela introdução da robótica e dos sistemas computacionais na década de 1970, hoje a Inteligência Artificial é que assinala a evolução na cadeia produtiva. Nesse contexto, a produção animal 4.0 se destaca por implementar tecnologias avançadas para aumentar a produtividade, dentro dos preceitos da sustentabilidade e do bem-estar animal. O tema é tão importante que, em 2020, ocorrerá o 1º Congresso Brasileiro da Inteligência Artificial na Produção Animal, dentro da programação da AveSui EuroTier South America. Mas, afinal, como a tecnologia 4.0 participa na prática da produção animal? O que se usa hoje e o que vem por aí? Quais os benefícios das ferramentas para a…

Manejo de pastagem em épocas de chuva e seca: melhores práticas

O pasto verde e farto é um colírio para os pecuaristas. E com razão, visto que a nutrição é o fator determinante para maximizar o potencial genético do rebanho. Contudo, é comum encontrarmos fazendas com índices de produtividade aquém do esperado — inclusive na época das chuvas — devido à falta do manejo de pastagem. O manejo do pasto consiste na adoção de práticas muito simples que auxiliam o produtor a aumentar a eficiência da sua produção, sem custos adicionais. Para tanto, é essencial ter conhecimento sobre as condições ambientais da região, bem como sobre a biologia da forrageira e o comportamento dos animais. Assim, o gestor escolhe o sistema de manejo e elabora um planejamento que garanta uma dieta rica para o gado sem o comprometimento do pasto, ao longo do ano todo. Mas como contornar a sazonalidade e aproveitar o máximo das forrageiras? Continue conosco, pois é sobre…

Importância da nutrição animal nas fases de recria e engorda do gado de corte

A eficiência da produção na pecuária de corte é alicerçada na combinação de quatro princípios: genética, sanidade, bem-estar e nutrição animal. Desses, a alimentação é um dos fatores que mais impacta a rentabilidade da criação, pois é com um bom manejo nutricional que o produtor consegue extrair o máximo potencial do rebanho. Contudo, para manter altos os índices zootécnicos, introduzir no mercado produtos com valor agregado e alcançar um patamar satisfatório de produtividade, é essencial ter conhecimento sobre as exigências nutricionais dos bovinos em cada fase produtiva. A recria e engorda são duas etapas de extrema importância, em que a nutrição pode interferir de forma positiva ou negativamente no o ganho de peso, na deposição de gordura, no custo de produção, etc. Por essa razão, elaboramos este artigo para você! A seguir, daremos algumas dicas para fazer um bom manejo alimentar na recria e engorda do gado de corte. Acompanhe!…

Manejo nutricional de matrizes suínas

Na suinocultura, a alimentação é o fator que causa maior impacto na produtividade do plantel. Nesse contexto, a deficiência nutricional afeta significativamente — e de diversas maneiras — as respostas produtivas em todas as fases de reprodução das matrizes suínas. Desde as marrãs até o desmame da leitegada, passando por toda fase de gestação onde ocorre o desenvolvimento dos fetos, a dieta das fêmeas precisa ser especificamente planejada para cada fase, visto que a continuidade do negócio depende das matrizes. Pensando nisso, elaboramos este artigo para você! Continue a leitura e veja quais são os aspectos nutricionais que, se aplicados às fêmeas, melhoram a performance da leitegada. Por que se preocupar com o manejo nutricional de matrizes suínas? A alta produtividade que vemos hoje na suinocultura é resultado da otimização das estratégias nutricionais, aliada à eficiência reprodutiva das matrizes e à manutenção do controle sanitário. O desempenho da produção, por sua…

Inseminação artificial em suínos: como funciona e quais são as vantagens

A inseminação artificial em suínos é um método de reprodução animal que se baseia na introdução do sêmen do macho no sistema reprodutivo da fêmea, por meio de equipamentos, descartando a monta natural. A prática teve uma grande expansão na década de 1970 e, desde então, vem sendo aprimorada e amplamente utilizada no país. A técnica confere uma série de vantagens à suinocultura, como o melhoramento genético e a redução de custos com reprodutores. Além disso, a metodologia para a execução do procedimento é bastante simples, mas exige cuidados para que seja eficiente. Por isso, é indicado que o produtor tenha o acompanhamento de um médico veterinário ou zootecnista. Mas você sabe como funciona a inseminação artificial em suínos e quais são as suas vantagens para o negócio? Continue a leitura e entenda! Como funciona a inseminação artificial em suínos? O principal objetivo inseminação artificial é otimizar e maximizar o…

Mercado de carne bovina: panorama e tendências

Nos últimos 38 anos, o mercado de carne bovina teve um crescimento sem precedentes. No Brasil, devido aos investimentos, às inovações do setor e às mudanças socioeconômicas, o consumo de carne vermelha teve um aumento de 45,4% de 1980 para 2018. Esses números acompanham o comportamento no resto do mundo, embora os brasileiros ainda consumam menos carne que os demais países. Segundo as projeções lançadas em 2018 pela OECD-FAO e pelo MAPA, o crescimento no consumo de carnes se manterá, mas muito menor em comparação à última década. Isso se deve à estabilização do consumo per capita nos países de renda média (como a China), e pelo acesso restrito ao produto nos países menos desenvolvidos, que têm limitado aumento de renda. Portanto, para ajustar a sua produção e os seus investimentos, é essencial saber como está o panorama de comportamento atual e quais são as perspectivas para o mercado de…