fbpx
Categoria

Bovinos leite

Categoria

Manejo de gado “Nada nas Mãos”: entenda como funciona a técnica na prática

Criada pelo médico veterinário Paulo Loureiro e propagada pela pecuarista e veterinária Adriane Zart, a técnica de manejo de gado Nada nas Mãos tem como objetivo o bem-estar animal. Acontece a partir de uma abordagem empírica e instintiva que vem ganhando muita notoriedade no segmento da produção rural. Com foco na relação de confiança entre humanos e bovinos, o método utiliza os instintos naturais do gado a favor do manejadores, apresentando uma série de benefícios também na produção pecuária. Confira, neste post, como funciona a técnica de manejo Nada nas Mãos e quais seus efeitos tanto na produção, quanto na saúde do animal e na rotina do produtor. O que é a técnica de manejo Nada nas Mãos? O manejo Nada nas Mãos é uma técnica que busca resgatar a relação de confiança entre humanos e bovinos, utilizando os instintos naturais do gado a favor do manejador. Foi idealizada para que os animais sintam-se…

Criação de bezerras: saiba como contornar os maiores desafios

A indústria pecuária de leite evoluiu significativamente nas últimas décadas. O desenvolvimento científico e tecnológico permitiu um aumento considerável no tamanho dos rebanhos e na produção individual em litros de leite. Entretanto, a criação de bezerras continua apresentando problemas nas fazendas brasileiras, muitas vezes por negligência do próprio produtor, que investe pouco nessa fase por não trazer lucro imediato. Como consequência, a quantidade de animais jovens acometidos por doenças e parasitas, bem como a taxa de mortalidade nas propriedades são altas, causando grandes prejuízos à cadeia produtiva. Não tem outra saída: todo empreendedor rural que deseja manter seu negócio ativo e rentável precisa fazer um planejamento de longo prazo e focar na saúde, na alimentação e no bem-estar dos terneiros. Mas você sabe quais são os maiores desafios na criação de bezerras e quais são as práticas de manejo que contornam essas dificuldades? Pois essas e outras perguntas serão respondidas ao longo dos próximos tópicos. Confira!…

Produção de leite: como aumentar a qualidade do leite na fazenda?

Gosto não se discute e cada um tem o seu. Comportamentais, culturais e biológicos: são vários os motivos que fazem os consumidores optarem por uma ou outra marca de determinado produto. Mas e quando se fala em qualidade do leite? Nesse caso, os consumidores esperam um alimento nutritivo, que não esteja adulterado e que satisfaça suas demandas sensoriais. Para a indústria de laticínios, porém, esse conceito vai além. Para o produtor, existem 2 eixos que balizam a cadeia produtiva: a qualidade nutricional e a inocuidade do leite. O produto precisa ser o mais rico possível em proteína, gordura e lactose, mas livre de bactérias e outros fatores que indiquem insalubridade e afetem o sabor do leite — como contagem de células somáticas. Frente a essas conjunturas, o produtor precisa estar dentro das normas de seguridade alimentar, além de agradar o gosto do consumidor. Mas quais são as práticas que podem ser adotadas na fazenda para aumentar a qualidade…

Alimentação de bovinos: saiba quais são as boas práticas

A eficiência brasileira na produção de bovinos é tão notável que o país se mantém, há anos, como o maior exportador e o segundo maior produtor de carne de gado. O grau de excelência dos nossos produtos é resultado da boa execução do manejo animal somado ao controle sanitário e à nutrição de qualidade. Entre esses fatores, a alimentação de bovinos tem um papel crucial para que o desempenho do rebanho seja expresso à altura do seu potencial genético. Com o desenvolvimento de linhagens adaptadas aos sistemas de criação modernos e a evolução das raças, as exigências nutricionais dos animais aumentaram, visto que eles precisam de uma suplementação para produzir carne e leite de acordo com as demandas do mercado. A complementação é necessária, pois as pastagens são deficientes em alguns elementos, dependendo da região e da época do ano. Mas por que a nutrição é tão importante para a…