fbpx

A produtividade de uma granja e a qualidade da carne e dos ovos estão diretamente relacionadas à alimentação das aves. É um dever do avicultor garantir que os animais tenham, em todas as categorias de produção, suas necessidades nutricionais e fisiológicas atendidas. Entretanto, a fase pré-inicial (de 1 a 7 dias de vida) é considerada por alguns especialistas como a mais crítica durante a criação de aves.

Toda a atenção dada a esse período é crucial e recompensada, visto que a primeira semana de vida equivale a, aproximadamente, ¼ do ciclo produtivo dos frangos de corte e, nas poedeiras comerciais, o bom desenvolvimento do seu organismo nos primeiros dias de vida é determinante para a sua longevidade. Logo, fica evidente que os investimentos na etapa após a eclosão têm uma alta influência na lucratividade do negócio.

Sob essa perspectiva, quais são os cuidados que o avicultor deve ter com a alimentação de aves nos primeiros dias de alojamento? Qual é a dieta ideal para assegurar a produtividade dos animais? Essas e outras perguntas são respondidas neste artigo. Boa leitura!

Qual é a importância da alimentação de aves nos primeiros dias de alojamento?

Os primeiros 7 dias das aves no alojamento (logo após a eclosão) é tido como o período mais crítico da criação, pois é quando os animais estão mais sensíveis às variações ambientais por terem um desenvolvimento corporal, metabólico e fisiológico mais acelerado. É quando ocorre a transição alimentar, antes proveniente das reservas da gema do ovo, para uma alimentação focada em obter os nutrientes da matéria-prima, dos grãos e dos cereais.

A boa adaptação e a funcionalidade dos sistemas digestivo e imunológico das aves (que estão trabalhando em um ritmo mais veloz nessa etapa) dependem totalmente da qualidade das matérias-primas e do valor nutricional da alimentação que elas recebem.

O desempenho das próximas etapas produtivas, independentemente da finalidade da criação, têm uma íntima relação com esses primeiros 7 dias de vida. Ou seja, a produtividade nas fases subsequentes dos frangos de corte pode ser comprometida caso haja erro nessa etapa, e nas poedeiras comerciais, a saúde e a longevidade resultam do bom desenvolvimento do sistema imunológico.

O desafio nesse período está em estimular o consumo de alimento e água, visto que nesses dias a taxa de ingestão é menor. Quanto mais cedo as aves se alimentarem, mais rápida será a diferenciação dos enterócitos (células epiteliais do trato digestivo), a capacidade de absorção e transporte de nutrientes, a produção e secreção de enzimas digestivas e, consequentemente, mais rápida será a maturação do trato digestório.

Como deve ser a dieta ideal para aves nos primeiros dias?

Como nos primeiros dias de alojamento o consumo de alimento é menor, é fundamental se atentar à qualidade do alimento oferecido às aves. Além de ração à vontade, as melhores matérias-primas devem ser destinadas a essa etapa. Entretanto, essa qualidade não pode se limitar somente aos ingredientes, mas também ao processamento deles. Isso se deve ao fato de que os ajustes nos níveis nutricionais e na granulometria geram uma capacidade maior de absorção e aproveitamento dos nutrientes.

Na alimentação de aves, os principais processamentos nas dietas são a peletização e a extrusão. Nessas técnicas, os alimentos são submetidos a altos índices de temperatura e pressão, com o objetivo de quebrar as ligações entre os nutrientes — em especial as cadeias do amido e de proteínas —, o que faz com que se tornem mais disponíveis e de mais fácil digestão pelos animais.

Outra razão para que haja investimento nos processamentos dos grãos é que eles minimizam a seleção dos alimentos por parte das aves, uma vez que facilitam a apreensão e a palatabilidade da ração. Consequentemente, isso tudo impede o desperdício de alimento.

É bom lembrar que, mesmo que esses processamentos elevem o custo da dieta, seus benefícios trazem compensação. Além de ser um período muito rápido e os animais consumirem pouco alimento, as vantagens serão vistas ao longo da vida produtiva dos frangos.

Além de as dietas pré-iniciais melhorarem o aporte nutricional das aves nos primeiros dias — por possuírem os níveis nutricionais ideais e as características físicas mais ajustadas para animais jovens —, elas impulsionam o ganho de peso diário e uniformidade do lote. Entretanto, é preciso estar atento também às condições dentro dos galpões e aos fatores que asseguram a ambiência.

As aves precisam estar dentro da sua zona de conforto térmico para produzirem da melhor forma possível. A temperatura (em torno de 31ºC a 33°C) e a umidade devem ser monitoradas nos abrigos, bem como a iluminação — aspectos que influenciam os hábitos alimentares dos animais.

Quais são os índices zootécnicos que precisam ser analisados?

Além de todas essas questões acerca da qualidade da matéria-prima, de aumentar a disponibilidade dos nutrientes (por meio de processamentos) e de incluir aditivos que melhorem a digestibilidade dos nutrientes para aves jovens, o avicultor precisa estar atento e manter o controle rígido dos parâmetros zootécnicos da criação. São eles:

  • conversão alimentar;
  • ganho de peso médio diário;
  • consumo de ração por ave;
  • uniformidade de peso do plantel.

O acompanhamento desses índices permite que o produtor conheça os obstáculos da sua criação, identifique seus pontos fracos e possa, assim, tomar as devidas providências e realizar os ajustes necessários em momentos bem específicos da criação. Esses parâmetros indicam a necessidade de ajustar as formulações para, então, garantir que o plantel tenha seu potencial maximizado e atinja as metas de produção da granja.

Os primeiros 7 dias de criação das aves têm uma altíssima correlação com a produtividade das aves de corte e de postura. Todos os investimentos em alimentação nesse período são vantajosos, visto que a qualidade da dieta que os animais recebem terá reflexo ao longo da vida deles.

Portanto, quanto melhor for o balanço dos nutrientes e quanto mais as rações forem processadas de acordo com as necessidades dos juvenis, maior é a tendência de as aves apresentarem melhores resultados durante a vida produtiva delas.

Nosso artigo sobre a importância da alimentação de aves foi esclarecedor para você? Aproveite agora para saber mais sobre como utilizar a tecnologia a favor da criação de aves!

Esse conteúdo foi produzido com a colaboração de Javer Alves Vieira Filho, especialista em Nutrição de Aves na Vaccinar.

Escreva um comentário